sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Segunda semana.

E lá se vai a segunda semana de 2018, foi de altos e baixos, mas está terminando bem legal.  Me animei e fiz mercado hoje, não tinha nada para comer em casa, ontem comi torrada pura, uma catástrofe. E amanhã, depois de séculos, o Valtinho e a família vem jantar em casa, estou adorando voltar a cozinhar para meus queridos.

Hoje aconteceu algo que contando ninguém acredita, eu mesmo se não tivesse presenciado não acreditaria. Estamos indo almoçar quando a Silvia viu um óculos pendurado no para-choque do carro à nossa frente, o transito parou e o Israel foi falar com o pessoal do carro e devolveu o óculos. Ele disse que era uma senhorinha chinesa , que ficou toda feliz com seus óculos, agora como explicar que esse óculos não caiu do para-choque. 

Bom, vou dormir que amanhã tenho bastante trabalho. 

domingo, 7 de janeiro de 2018

Ufa!

E não é que mesmo trabalhando das 6h30 às 15h ainda tive pique para ir na Veruska comer um bacalhau bem gostoso. Adorei a tarde, ficamos papeando foi muito bom. 
Obrigada família Vales pelo convite.

Fim de semana

Fim de semana de trabalho, e aqui estou na madrugada acompanhando o trabalho dos outros, difícil quando não está nas suas mãos e nem tem como interferir. Mas vamos que vamos, pelo menos iniciei a arrumação da minha casa. Tá mudando, aos poucos chego lá.

Palavras do dia: Gratidão e fé. 

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Comecei um curso de organização, preciso arrumar minha casa, a bagunça está me deixando triste e sem animo. Vamos ver se muda algo.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Começou

O Ano começou no mesmo ritmo de 2017, continuo desmotivada, sem paciência para o dia a dia. Preciso urgentemente mudar esse ritmo. 

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

2018

Enfim começou! E foi bom esse inicio. Fiquei na casa do Ju até as 5h30 e estou um caco, rsrs. Depois almoço no Edu com uma sonequinha à tarde.







sábado, 4 de novembro de 2017

Beleza



Olha eu aqui

Dia de beleza, de comemorações e de trabalho, ufa! Cansei.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Enfim, Amboise

Após as belezas do Castelo de Chenonceau, chegamos em Amboise, Ficamos num hotel bem charmoso, com exceção da Valéria, que saiu andando para conhecer os arredores, as meninas e eu resolvemos descansar um pouco antes de sairmos para jantar.

Fomos ao centro para procurar um restaurante para jantar, ficamos na dúvida se podíamos estacionar, nosso "francês" não ajudava muito com as placas, mas resolvemos arriscar e jantamos no Chez Bruno, um lugar bem agradável, que estava para fechar quando chegamos, mas apesar da garçonete nos olhar com cara feia o dono nos fez entrar e a comida estava ótima.

Na saída encontramos um casal de brasileiros e a moça nos questionou sobre o fato de estarmos em 4 mulheres com carro alugado, se não era a primeira vez que viajávamos pois ela estranhou a situação acontecer. A Silze informou que era agente de viagem e eles também são em São José dos campos. Ela era jovem e estranhei o questionamento , mas a Silze disse que ela deve conhecer o seu público dela.

Esse dia foi mais um dia perfeito.



 















Chenonceau, o Castelo das Sete Damas

E entre Blois e Amboise temos  o Castelo Chenonceau, considerado por muitos o mais belo
dos castelos do Loire e, de fato, desde a chegada, já podemos confirmar essa afirmação. a chegada os jardins já impressionam. Um longo caminho de plátanos, cercado de muita água leva até o Castelo. Nos seus arredores, belos jardins simétricos encantam os olhos.

Um pouco da sua história, aqui e aqui